IEPS - INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA EM SAÚDE

Dormir bem emagrece e acalma

  • Dr. Dirceu de Lavôr Sales
  • 17 de junho de 2020

O sono é fundamental para bem-estar: é nesse momento que, sem parar de funcionar, o cérebro descansa, reorganiza as memórias do dia – e se prepara para lidar de maneira saudável como stress do dia seguinte. Durante a fase sem sonhos de cada noite ocorre o único período do dia em que o sistema nervoso simpático ( parte do sistema nervoso responsável pela resposta ao stress e disponibilização de energia para a ação), é totalmente desligado. Em seu lugar, o sistema parassimpático (tem ação contrária ao sistema nervoso simpático) reina sozinho sobre o corpo, permitindo que ele reduza o metabolismo e reponha suas reservas energéticas.

Já a falta de sono é por si só um stress: a insônia leva à liberação de altos níveis de cortisol (hormônio relacionado ao stress crônico) no sangue, o que desencadeia alterações no comportamento. Pesquisas realizadas com ratos impossibilitados de dormir mostram, por exemplo que os animais se tornam mais agressivos e que longos períodos de vigília prejudicam a memória e a cognição.

Além disso, a relação entre o sono e a regulação da resposta ao stress faz com que a falta de sono leve a problemas de saúde associados ao stress faz com que a falta de sono leve a problemas de saúde associados ao stress crônico. Um estudo recente mostrou que, entre pessoas que dormem seis horas e meia por noite, aquelas com o sono fragmentado, que acordam várias vezes durante a noite, têm níveis mais altos de gordura e cortisol no sangue, e pressão arterial elevada. O problema se agrava porque a ansiedade associada ao próprio stress crônico pode levar a insônia e fragmentação do sono – o que agrava a resposta crônica de stress, e torna o adormecimento ainda mais difícil. Outro estudo mostrou que a falta de sono é duplamente maléfica à capacidade do cérebro de regular a resposta ao stress, pois não só reduz a produção de neurônios novos no hipocampo (estrutura do cérebro ligada as emoções e memória) como ainda aumenta a morte dos neurônios que já estão lá.

Dr. Dirceu de Lavôr Sales

About Dr. Dirceu de Lavôr Sales

Dr. Dirceu de Lavôr Sales, médico especializado em Clínica Médica, Acupuntura, Homeopatia, tratamento da Dor e presidente do Instituto de Ensino e Pesquisa em Saúde

Gostaria de compartilhar seu comentário?

Seu endereço de e-mail não será publicado.