IEPS - INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA EM SAÚDE

Adoçantes Podem Gerar Várias Doenças, Inclusive Câncer

  • Dr. Dirceu de Lavôr Sales
  • 17 de dezembro de 2020

Pesquisa publicada em 2014 teve como objetivo determinar os efeitos de cinco adoçantes artificiais sobre a morfologia do DNA de dois tipos de câncer de cólon humano. Os adoçantes estudados, em várias concentrações, foram: sacarina, ciclamato, sucralose, aspartame e acesulfame.

Os resultados mostraram associação entre o uso de alguns desses substitutos do açúcar e o aumento do risco de desenvolvimento de tumores, especialmente em níveis de consumo mais elevados e por longos períodos. Neste estudo, foram observadas alterações morfológicas em células cancerosas humanas expostas a concentrações elevadas de adoçantes artificiais (410 mM). Os resultados revelaram que a sacarina de sódio e a sucralose causaram rupturas nos filamentos de DNA.

Outro artigo de pesquisadores da Unicamp de 2015, alertou para os riscos do uso do adoçante sucralose, especificamente em alimentos e sobremesas quentes, como chás, cafés, bolos e tortas. Quando aquecida, a sucralose torna-se quimicamente instável, liberando hidrocarbonetos policíclicos aromáticos clorados (HPAC), compostos tóxicos cumulativos no organismo humano e potencialmente cancerígenos; esta liberação ocorre à temperatura de 98 graus Célsius, pouco abaixo da temperatura de ebulição da água, próxima à de um chá ou um café quente. 

– Armorel D van E. The effect of five artificial sweeteners on Caco-2, HT-29 and HEK-293 cells. Drug Chem Toxicol. 2015;38(3):318-27. 

– Oliveira DN, Menezes M, Catharino RR. Thermal degradation of sucralose: a combination of analytical methods to determine stability and chlorinated byproducts. Sci Rep. 2015;5: 9598. Disponível em: 10.1038/srep09598.

Dr. Dirceu de Lavôr Sales

About Dr. Dirceu de Lavôr Sales

Dr. Dirceu de Lavôr Sales, médico especializado em Clínica Médica, Acupuntura, Homeopatia, tratamento da Dor e presidente do Instituto de Ensino e Pesquisa em Saúde

Gostaria de compartilhar seu comentário?

Seu endereço de e-mail não será publicado.